Metódicos e disciplinados: a historiografia do Oitocentos

Num livro-texto valioso para professores de história, Delacroix, Dosse e Garcia (2012) denominaram de “momento metódico” a época de apogeu da historiografia alemã e francesa. Não é somente para ressaltar aspectos que seriam positivos na historiografia oitocentista, mas a pesquisa dos autores revela uma troca, e quem sabe até uma rivalidade intelectual, entre França e Alemanha, geralmente não mencionada quando se faz as referências costumeiras, através de um pequeno modelo evolutivo que teria levado do positivismo à crítica documental da primeira metade do século XX.

Continue lendo “Metódicos e disciplinados: a historiografia do Oitocentos”